Cosmovisão Sociedade

Cristianismo e Plenitude

12:19Maicon Custódio



Eu e você fomos criados numa sociedade compartimentada. Fomos ensinados desde cedo que algumas coisas tem a ver com o espiritual e outras com o físico. São duas realidades diferentes. Provavelmente, se você, assim como eu, foi criado dentro de alguma denominação cristã você sempre foi bem informado sobre estes limites.
Na sociedade atual isto vai ficando cada vez mais claro e delimitado. Suas crenças pessoais devem ficar restritas somente a você e elas não devem entrar em qualquer discussão que envolva opinião pública – é o que dizem. Por exemplo, no que diz respeito ao aborto ou homossexualidade você tem que discutir com base em argumentos científicos ou filosóficos comuns a todos, pois sua religião é ambiente particular e você não pode impor sua esfera particular dentro da esfera pública. É politicamente incorreto.
Nancy Pearcey, em sua obra Verdade Absoluta fala sobre esta divisão usando os termos “esfera particular” e “esfera pública” ou “valores” e “fatos”. Em síntese, a definição seria a seguinte:

ESFERA PARTICULAR, VALORES
Preferências Individuais, Escolhas Pessoais
__________________________________________________
ESFERA PÚBLICA, FATOS
Conhecimento Científico, Ligado a Todos



"O cristianismo não é apenas 'dogmática' ou 'doutrinariamente' verdadeiro; ele é verdadeiro também em relação ao que está diante de nós, verdadeiro em relação a todas as coisas em todas as áreas da existência humana".

Portanto, caro amigo, o Zeitgeist (espírito da época) diz a mim e a você que nossa espiritualidade, nosso conjunto de princípios, o cristianismo de um modo geral não passa de um conjunto de ideias e crenças que só tem a ver com sua vida enquanto não influencia nada no “senso comum”. Criamos o “gueto gospel” porque não há espaço para o cristianismo no mundo real. Tornamo-nos alienados culturais porque disseram que de todas as ciências existentes, a Teologia é a única que não tem espaço na mesa do debate. O espiritual trata do metafísico e do particular, mas no mundo real o que vale é o comum e o físico, palpável e empiricamente comprovado!
Porém, a percepção genuinamente cristã da vida e do mundo nos obriga a agir na contramão disso tudo. Criar nossos guetos e nos alienar culturalmente é apenas uma forma camuflada de covardia. Como diz o célebre Hans Rookmaaker: “de forma branda, extensas áreas da realidade humana, como a filosofia, as ciências, as artes, a economia e a política, foram entregues ao 'mundo', já que os cristãos se concentravam principalmente em atividades piedosas”.
Minha conversa com você é a seguinte, querido leitor: O cristianismo verdadeiro não nos conduz ao isolacionismo, mas à plenitude do que é viver. Sua profissão, sua família, a faculdade que você cursa, a arte que você aprecia ou produz, as situações éticas, os rumos da política e economia do país, enfim, todas as áreas da sua vida devem estar atreladas ao cristianismo que você professa. Não há espaço para partições, pois se você foi salvo por completo, exerça sua fé na completude de sua vida.
Lembre-se que isso não tem a ver com a “gospelização” do mundo, nem com viver uma vida piegas onde você se torna a pessoa mais insuportável do mundo por ficar pregando e dando lição de moral nos outros o tempo todo, mas tem a ver com deixar que a fé que você professa seja o filtro das suas atitudes, palavras e pensamentos. Mude seu jeito de viver, traga todas as coisas cativas à mente de Cristo e veja uma espiritualidade mais leve e completa inundar a sua alma. Sem pesos extras, sem separatismo, sem libertinagem, simplesmente cristão, que não se conforma, mas transforma enquanto se transforma...
Pense nisso!
Abraço apertado e demorado...
Pr. Maicon

Você Poderá Gostar de:

1 comentários

  1. Tão bom você voltando a blogar...
    Como sempre, um texto que nos lembra da nossa responsabilidade e incomoda na medida certa.
    A mão da Gisa deu aquela força na parte visual, heim?

    ResponderExcluir

Comente. Debata. Discorde. Elogie. Concorde.
Desfrute deste espaço que é seu, amado leitor.
Apenas me conservarei no direito de não responder ANÔNIMOS e conseqüentemente deletar seus comentários.

Na paz do Eterno.

Pr. Maicon

Instagram

Siga!

Formulário de contato