Amado Júnior Família

Dez Mandamentos aos Pais Cristãos

10:53Maicon Custódio



A paternidade é uma das maiores alegrias e responsabilidades nesta vida. Poucas coisas produzem tamanha humildade ou recompensas. Apesar de me sentir inadequado para a tarefa, eu amo ser “papai” (espero que eles nunca passem a me chamar simplesmente de “pai”)! Eu continuo a receber um “treinamento para o serviço de pai”, mas aqui estão alguns mandamentos, com os quais espero continuar neste maravilhoso trabalho, o chamado cristão da paternidade (talvez você tenha alguns mandamentos para adicionar abaixo).

1. Não deves adorar os seus filhos nem seus futuros.
Nós vivemos para a glória de Deus, bem como em uma busca para ser pais, tendo em conta nosso maior chamado. Como muitos, nós amamos nossos filhos e não vivemos para eles.

2. Não deves esperar ou retratar que a sua família cristã seja perfeita.
Nós e nossos filhos somos pecadores e carentes da graça de Deus. Não esperamos perfeição em nós mesmos, quanto mais ousemos esperar de nossos filhos.

3. Não deves trocar a fé cristã por mero moralismo para com seus filhos.
Desejamos filhos que tenham uma vida moral, mas não uma moralidade vazia. Trabalhamos e oramos para ver suas vidas refletindo um coração renovado pelo amor de Cristo.

4. Não deves ser impaciente com seus filhos e filhas (ou com seus amigos).
Queremos mostrar o mesmo sofrimento e a mesma paciência que o Senhor estendeu a nós, para nossos filhos (tanto quanto nós podemos). Irritação, raiva, e um instantâneo comportamento explosivo estão à nossa porta, e nos esforçamos para mantê-los afastados.

5. Deves levar teus filhos para a casa do Senhor semanalmente, e fazê-los participar do culto familiar.
Somos pais cristãos, e adoração é o coração do cristão. Assim, o culto ocupa um lugar central na educação cristã de nossos filhos. Dia após dia, semana após semana, mês após mês, ano após ano, aspiramos a colocar nossos filhos no caminhos dos meios de graça (Palavra, sacramentos e oração) e envolvê-los no maior de todos os prazeres terrenos (e celestiais): adorar ao Deus Trino do universo.

6. Deves desfrutar de teus filhos e ser claro em demonstrar amoroso afeto a eles.
Nós desejamos que nossos filhos sempre saibam dos tesouros que eles são, descansando na certeza de nosso amor por eles. Eles são um presente de cima (Tiago 1.17) e nos alegramos em ação de graças por eles.

7. Deves nutrir o teu casamento para o bem dos teus filhos.
(Para aqueles pais que são casados) sabemos que nosso casamento serve como a pedra angular da nossa família cristã. Não nos atrevemos a vê-lo torto, falhando, ou faltando vitalidade. Seja sua saúde ou doença, refletirá em nossa paternidade.

8. Deves buscar o Senhor com todo o teu coração, alma, mente, e conhecimento, isto é o fundamento da paternidade cristã.
Reconhecemos que a paternidade cristã não pode estar separada de nossa vida em Cristo. O transbordar de um copo beneficia quem está em baixo.

9. Não deves depender de tuas próprias forças, mas da força de Cristo na paternidade.
Cremos que sem Cristo não podemos fazer nada (João 15). Queremos semear para brotar frutos eternos, e isso deve contar com o Eterno Jardineiro.

10. Deves confiar teus filhos, em última instância, ao cuidado do teu Pai Celestial.
Amamos nossos filhos, e desejamos o bem para eles, mas não temos o poder para assegurar isso. Mas nós sabemos de Um que pode, Ele é nosso Pai, quem nos ama e deseja nosso bem. E podemos confiar Nele. Ele sabe como nos bons presentes aos Seus filhos (Mateus 7).

______________________________________

Por: Jason Helopoulos
Tradução: Amado Júnior

Você Poderá Gostar de:

1 comentários

Comente. Debata. Discorde. Elogie. Concorde.
Desfrute deste espaço que é seu, amado leitor.
Apenas me conservarei no direito de não responder ANÔNIMOS e conseqüentemente deletar seus comentários.

Na paz do Eterno.

Pr. Maicon

Instagram

Siga!

Formulário de contato