featured Livros

As 7 Melhores Leituras de 2016

15:20Maicon Custódio



Abaixo a lista dos 7 melhores de 2016 (na verdade são 10 porque uma das indicações é em 4 volumes). Espero que gostem e sintam-se interessados em ler alguns dos indicados do ano.


A Treliça e a Videira – (Collin Marshall e Tony Payne) – Um livretinho danado de bom. Faz parte daquele tipo de livro que você pega sem muitas expectativas, mas que te surpreende pela grandeza da simplicidade. Não é um clássico, não trata de nada inédito, não é um estudo profundo, mas toca em pontos importantes e essenciais na relação igreja instituição/estrutura e igreja pessoas/relacionamentos. A métrica do texto caminha dentro da perspectiva óbvia, mas olvidada por nós, de que a estrutura, os programas e a instituição devem culminar em comunhão e crescimento espiritual das pessoas. Muito legal para discipulado e conversas informais sobre igreja. LINK PARA COMPRAR



 The Book of Revelation - (G.K. Beale) – Estudei o Apocalipse nas quartas-feiras com nossa igreja neste ano de 2016 – foi mal aí, Calvino. Dentre os livros que utilizei como meus balizadores o melhor de todos é o do Beale. Infelizmente não será uma ferramenta disponível a todos por só termos em língua inglesa, mas é um material absolutamente fundamental! Se você lê em inglês e tem vontade de estudar, entender ou pregar no Apocalipse deveria investir uns dólares nesta mina de ouro. É de boa compreensão, apresenta e debate visões distintas, se posiciona em 95% dos casos, encaminha-nos a outras literaturas e mostra-se bastante coerente e prudente, ou seja, sem interpretações mirabolantes e alegorias. Indico muito mesmo. Não há muito o que dizer, pois, trata-se de um comentário bíblico. Foi uma das boas leituras ministeriais do ano. LINK PARA COMPRAR


 As Barbas do Imperador – (Lilia Moritz Schwartz) – Sei que pode parecer estranho para muita gente o fato deste livro estar aqui – principalmente pra nós que fomos ensinados e odiar e culpar os portugueses e os períodos colonial e imperial por tudo. Estou em pleno flerte com a visão monarquista e muito disso se deve à pessoa de Dom Pedro II. Conhecer a história do monarca genuinamente brasileiro, de suas visões, o intelecto notável, seus amigos famosos e as entranhas do período imperial tem me feito muito bem. Em tempos em que vemos que essa coisa de República Presidencialista foi um fiasco, é bom conhecermos um pouco mais de nossa nobre e bonita história. A autora escreve de maneira muito informativa, visando o leitor que não tem tanta noção de história do Brasil e nos capta pela sinceridade – em elogios e críticas aos personagens. Além disso, não é só Dom Pedro II, mas o Brasil da época, como ele lidava com o povo, adversários e aliados, a imprensa e até mesmo a Guerra do Paraguai é abordada. Se quer conhecer o Brasil além de portugueses eram do mal e índios eram inocentes, aqui está uma boa dica. Divirjo de algumas opiniões da autora, mas é ótimo o livro.  LINK PARA COMPRAR


 O Que Há de Errado com o Mundo – (G.K. Chesterton) – Eu queria ter nascido inglês só para poder dizer que sou conterrâneo de uns caras como Chesterton, Dalrymple, Scruton e Churchill, rsrs (brincadeira... ou não). Mas os ingleses me fascinam, e Chesterton talvez mais que todos os outros. Ele é profético, enfático, provocador, instigante. Ler Chesterton deveria ser uma obrigação imposta por lei (se é para ter um Estado enxerido como o nosso, pelo menos que seja pra nos enfiar Chesterton goela abaixo). Esse livro parece uma coleção de aforismos em alguns momentos, pois, me via rabiscando-o todo pela sua gama de frases brilhantes. Chesterton fala de um mundo do fim do século XIX e prevê o futuro com uma exatidão irretocável. Leia este livro! LINK PARA COMPRAR


 Contos Completos – Edição Bilíngue (Oscar Wilde) – O livro publicado pela Landmark foi uma daquelas compras de curioso em livraria. “Wilde é tão famoso e nunca li. Acho que uma coletânea de contos pode ser uma boa” - pensei. Não deu outra: fui fisgado. Além de amar as histórias ainda usei algumas delas em exórdios ou ilustrações de sermões, palestras e aulas. Adorei ler Wilde, pois, na simplicidade de algumas histórias que podem ser contadas às crianças ou mesmo em contos mais maduros, as lições práticas são bem profundas e de um interessante teor autocrítico. O fato da edição ser bilíngue é um tchan a mais, pois, acaba por nos levar a fazer algumas consultas pra melhorar a compreensão do original, sem falar na possibilidade de dar uma aperfeiçoada na língua estrangeira. Se você deseja algo que seja bastante leve, prazeroso e com algum sentido? Fica a dica. LINK PARA COMPRAR



Uma Nova História da Filosofia Ocidental – 4 Volumes (Anthony Kenny) – Eu lutei um tempo com alguns compêndios e manuais de história da filosofia. Alguns me decepcionaram, outros me cansaram, mas este quarteto de livros me foi um achado. Quer dizer, não tão achado assim! Na verdade, num módulo de mestrado com o Prof. Jonas Madureira, foi apresentado este material e eu adquiri à época, mas só li agora. Gostei muito do modo de exposição, pois, é bem claro, estabelece comparações úteis, é de boa desenvoltura no processo de leitura e muito instrutivo. Se você se interessar, lembre-se: Ler história da filosofia não é a mesma coisa que ler obras primárias dos filósofos. Aquela te mostra o que os outros entendem dos filósofos, enquanto esta nos apresenta o que o filósofo realmente disse.  LINK PARA COMPRAR



 Como Ler Livros – (Mortimer Adler) – Este era um “sonho antigo”. Sempre via e desejava, mas o salgado preço de quase R$ 100,00 me fazia recuar. Até que nesta Black Friday comprei o dito cujo e devorei. O livro entrega mais do que promete. Somos ensinados sobre os tipos e os métodos de leitura e nossa mente vai sendo progressivamente aguçada a ler com consciência. A caminhada vai nos mostrando a ler para compreender mais do que ler para informar. No fim das contas somos treinados tanto sobre o como ler um livro quanto como não ler e, mais que isso, até a decisão se um livro deve ser lido ou abandonado torna-se algo importante, relevante e informativo – Adler nos estimula a “passar o olho” com certo critério antes de ler, o que, no mínimo, já informa. Essencial demais mesmo. Além de tudo isso, nos mostra como lidar com leituras de diferentes estilos e como tirar o máximo proveito de leituras paralelas. Fui absorvido a cada novo conceito e confesso que há tanta coisa nova e específica que preciso reler pra melhor assimilação. LINK PARA COMPRAR


Espero que tenham gostado.
2017 tem mais, se Deus quiser e permitir!

Você Poderá Gostar de:

0 comentários

Comente. Debata. Discorde. Elogie. Concorde.
Desfrute deste espaço que é seu, amado leitor.
Apenas me conservarei no direito de não responder ANÔNIMOS e conseqüentemente deletar seus comentários.

Na paz do Eterno.

Pr. Maicon

Instagram

Siga!

Formulário de contato